• Dr. FUTURÔ

Construir pontes ou muros? Quanto menos fricção, melhor!

Construir pontes! Adoro essa expressão. Quando falo de um processo de #venda tenho sempre a sentença em mente.  Escutei um podcast fantástico do excelente #resumocast : https://www.resumocast.com.br/friction-roger-dooley/ .

Depois desse vem a reflexão =>  No processo de vendas, o que nos impede?

_ de construir essa ponte para trazer: #resultado #inovacao #eficiencia #oportunidades e garantir e/ou impulsionar sua #reputacao. _um processo cheio de #atrito e sem transparência, te impede. Então...

O cliente precisa comprar a ideia, construir a ponte com você. Importante lembrar que ele também vende a ideia internamente, dificilmente toma decisões sozinho e, mesmo se assim for, tudo que ele aprova tem implicações para o público interno e externo. Seu cliente tem responsabilidades, e quem vende também.

Se você está convencido de que o seu produto ou serviço traz mesmo valor para o seu cliente, é a hora de derrubarmos os muros, as barreiras.

É o momento de viabilizar a compra, falar de condições de pagamento, entrega, contrato - se o seu processo tem poucos "ponto de atrito", menos dolorida será essa parte. Se tem muito atrito(fricção), melhor rever esses procedimentos antes da próxima venda, pois isso pode destruir o seu negócio.

Por último: Se você não falou sobre o custo da solução desde o princípio, acho que está bem errado!!!

o risco de frustrar a todos, você inclusive, é muito alto - e pior, você pode não conseguir mais vender nada para esse cliente. Se não cabe no bolso do cliente para aquele momento, é bom que vocês dois saibam disso para combinar se seguem, ou não, imprimindo esforço. 

Um grande abraço, positividade e sucesso!!! Chris Malgueiro